A gratidão do cristão

Domingo 32

P. 86. Visto que fomos libertados de nossa miséria, por Cristo, sem mérito algum de nossa parte , s o m e n t e p e l a g r a ç a , p o r q u e a i n d a devemos fazer boas obras? R. Primeiro: porque Cristo não somente nos comprou e libertou com seu sangue, mas também nos renova à sua imagem, por seu Espírito Santo, para que mostremos, com toda a nossa vida, que somos gratos a Deus por seus benefícios e para que ele seja louvado por nós. Segundo: para que, pelos frutos da fé, tenhamos a certeza de que nossa fé é verdadeira e para que ganhemos nosso próximo para Cristo, pela vida cristã que levamos.

P. 87. Não podem ser salvos, então, aqueles que continuam vivendo sem Deus, se gratidão e não se convertem a ele? R. De maneira alguma, porque a Escritura diz que nenhum impuro, idólatra, ladrão, avarento, maldizente, assaltante ou semelhante herdará o reino de Deus.

 

 Leitura: Domingo 32

Queridos irmãos em Jesus Cristo,

Vocês SENTEM isso também no coração? Esta alegria, esta felicidade, que temos em Cristo! Esta gratidão por TUDO o que ele fez por nós! Isso não é um sentimento, que temos num momento especial na nossa vida, mas isso deve ser um sentimento que domina toda a nossa vida, desde que nos convertemos. Um verdadeiro cristão deve saber esta GRATIDÃO profunda, que mudou a sua vida. Um cristão que vive sem gratidão no seu coração, não é convertido. Um cristão que vive sem gratidão no seu coração, não entendeu nada do evangelho. Ele não entende nada do sacrifício...Para ler mais, clique aqui.

Nós usamos cookies!

Ao utilizar este site, você concorda que este site coloca cookies no seu dispositivo. Um cookie é um pequeno arquivo de texto que o site usa para fazer a função do website e tornar sua visita eficiente.

Clique no contrato para um site totalmente funcional ou veja os detalhes na página de detalhes antes de concordar.