Dai a César o que é de César

Texto: Marcos 12: 13-17

 

Queridos irmãos em Jesus Cristo,

“Daí a César o que é de César”. Este dito de Jesus recebeu muita atenção durante vários séculos. Este dito se tornou uma palavra famosa, que foi usada em várias situações. Antigamente este dito foi usado contra os anabatistas, para mostrar que os cristãos tinham que honrar os governadores; e os presbíteros usaram este texto para mostrar que os irmãos deviam cumprir a sua obrigação de pagar os impostos.

“Dai a César o que é de César”. Não sei se os irmãos já ouviram um sermão sobre este texto, mas se aconteceu, na maioria dos casos o pastor só prega sobre a primeira parte deste texto: “Dai a César o que é de César”, e quase nada sobre a última parte: e a Deus o que é de Deus.  Isso não é correto, pois especialmente a última parte deste texto é muito importante. Pois por que Jesus disse isso?  Teria sido normal se o nosso Senhor tivesse respondido a pergunta “É nos lícito dar tributo a César ou não? dizendo: “Dai a César o que é de César”. Ponto! E nada mais extra. Seria uma resposta clara. Mas Jesus continua e diz também: e a Deus o que é de Deus. Esta segunda parte causou muita confusão. O que Jesus queria dizer com isso?

Irmãos!, só vamos entender este texto, se dermos atenção ao contexto. Pois a resposta de Jesus está completamente ligada com a pergunta dos Fariseus. Esta pergunta - É nos lícito dar tributo a César ou não? - PARECE uma pergunta simples e inocente. Uma pergunta feita por uma pessoa que tinha dúvidas sobre isso. Mas não é assim, irmãos. Esta pergunta faz parte de uma armadilha. A intenção das pessoas que fizeram esta pergunta...Para ler mais, clique aqui.

Nós usamos cookies!

Ao utilizar este site, você concorda que este site coloca cookies no seu dispositivo. Um cookie é um pequeno arquivo de texto que o site usa para fazer a função do website e tornar sua visita eficiente.

Clique no contrato para um site totalmente funcional ou veja os detalhes na página de detalhes antes de concordar.