L: Ec. 12, 1-8

T: Ec. 11,9-12,8 + 2 Co. 5,1-10

 

Queridos irmãos, irmãs, em Cristo,

 

[Nesta semana estive no velório de Izabel, a irmã da nossa irmã Raquel.

Naquela ocasião li o texto de Eclesiastes 7, 2.]

“Melhor é ir à casa onde há luto do que ir à casa onde há banquete,

pois naquela se vê o fim de todos os homens e os vivos que o tomem em consideração”.

Na casa de luto, todos nós vamos descobrir que somos mortais, porém

não conhecemos a hora em que se desliga a luz da nossa vida.

Os velhos devem morrer, e os jovens podem morrer. E como será a vida depois disso?

Muitas pessoas acham que não há nada depois da morte.

Nascer, crescer, morrer e ponto final!

Mas a Bíblia não fala assim.

A Bíblia diz que a vida continua depois da morte.

O pó voltará a terra como o era e o espírito voltará a Deus.

Assim fala o autor de Eclesiastes. Ele diz que há luz no fim do túnel.

Mas essa luz é fraca. Essa luz é um pontinho.

O AT não fala com tanta clareza como o NT.

Paulo fala com muito mais clareza em 2 Co. 5.

Ele disse: Porque importa que todos nós compareçamos perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o bem ou mal que tiver feito por meio do corpo.

Eclesiastes diz alguma coisa semelhante. Veja 11,9:

Alegre-te, jovem, na tua juventude, e recreie-se o teu coração nos dias da tua mocidade; anda pelos caminhos que satisfazem o teu coração e agradem aos teus olhos; sabe, porém, que de todas estas coisas Deus te pedirá contas!

Por causa disso é bom se lembrar do seu Criador!

Tanto nos dias bons, como também nos dias maus, antes da hora da morte.

 

LEMBRA-TE DO TEU CRIADOR!

  • Nos dias bons;
  • Nos dias maus;
  • Na hora da morte.

 

  1. Nos dias bons.

 

Os dias bons são os dias da mocidade. Veja 11, 9-10:

Alegra-te jovem, na tua juventude, e recreie-se o teu coração nos dias da tua mocidade; ande pelos caminhos que satisfazem ao teu coração e agradam aos teus olhos; sabe, porém, que de todas estas coisas Deus te pedirá contas. Afasta, pois, do teu coração o desgosto e remove ... Para ler mais, clique aqui.