Olhar com amor e ouvir com amor; sermão diaconal.

 

Texto: Provérbios 20, 12      

Leitura: Mateus 20, 29-34

 

Queridos irmãos em Cristo Jesus,

O ouvido que ouve e o olho que vê,

         O Senhor os fez, tanto um como o outro”.

Quando lemos este texto, nós nos perguntamos o que esta palavra do Senhor quer nos dizer.  Qual é a sabedoria dessa palavra?  Muitas pessoas tentaram resolver, mas muitas vezes o texto continua um enigma. Vamos também observar o texto e nos perguntar: o que Deus quer dizer a nós?

Não pode ser somente a ideia de que Deus criou o homem, os seus olhos, e os seus ouvidos, porque a Bíblia já revelou isso no livro de Gênesis. Um livro histórico que nos informa sobre os fatos da criação. O livro de Gênesis é assim, mas o livro dos Provérbios é diferente. Este livro fala sobre a sabedoria de Deus; sobre o temor do Senhor e sobre o Grande Mandamento: amar a Deus e amar aos nossos próximos. Este livro nos ensina como devem ser as nossas relações.

Nós devemos TER AMOR! Amor a Deus; e AMOR ao nosso próximo. A esposa, os pais, o filho, o amigo, o irmão, o pobre, o preguiçoso, o justo, o sábio, o rei etc. Os Provérbios mostram todas essas pessoas e nos explica como devemos tratá-las. Como devemos amá-las.

Agora, só é possível ter relações com essas pessoas se podemos VER E OUVIR; Uma pessoa que não pode ver, tem uma grande deficiência em construir relações, porque não pode ver. Mas ainda pode ouvir. O ouvido do cego é muito importante. O cego consegue ouvir detalhes que uma pessoa normal não consegue ver.

Então, imagine que o cego  perderá também a sua audição...!

Li uma vez um livro sobre um cego que foi maltratado por criminosos. Ele... Para ler mais, clique aqui.

Nós usamos cookies!

Ao utilizar este site, você concorda que este site coloca cookies no seu dispositivo. Um cookie é um pequeno arquivo de texto que o site usa para fazer a função do website e tornar sua visita eficiente.

Clique no contrato para um site totalmente funcional ou veja os detalhes na página de detalhes antes de concordar.