Texto: Lucas 16, 1-9
Leitura: Lucas 16, 1-13

 

Queridos irmãos em Cristo Jesus,

Faz pouco tempo que falamos sobre Lucas 16, 9 no nosso treinamento. O texto diz: E eu vos recomendo: das riquezas de origem iníqua fazei amigos; Houve uma confusão sobre este texto, pois parece que Jesus está dizendo que podemos ganhar dinheiro de uma maneira iníqua e usar este dinheiro com bons objetivos. Parece que o nosso Senhor Jesus está legitimando praticas erradas, se o lucro é usado de uma boa maneira. Será que Jesus pensou assim, irmãos? Será? Vamos ver.

Agora falando sobre este texto de Lucas 16, 1-9, um professor do NovoTestamento disse: “Um pastor deve ter algum iniciativo e coragem se quiser pregar sobre a parábola do administrador infiel. Porque sem dúvida podemos dizer que este trecho é um dos mais complexos textos do Novo Testamento”. O problema é que o administrador corrupto neste texto é usado como BOM exemplo!

Mas por quê? O que foi que ele fez? E o que ele fez de errado? Ele estava a ‘dissipar’ os bens do seu patrão OU ele estava a ‘defraudar’ os bens do seu patrão. Com certeza o que ele tinha feito foi errado, mas apesar disso ele recebeu um elogio. Como isso foi possível? E quem o elogiou? O senhor que é no mesmo momento seu patrão? Ou o nosso Senhor Jesus que contou esta parábola? Devemos ler a palavra ‘senhor’ em vs. 8 com um Maiúsculo ou com um Minúsculo?

Muitas perguntas e muitos problemas para resolver. Vamos prestar atenção a esta parábola e lhes prego o seguinte evangelho:

SEJAIS JUSTOS COM OS BENS QUE DEUS LHES DEU PARA QUE CRISTO VOS RECEBA NA VIDA ETERNA.

1) A PARABOLA (VS. 1-8);
2) A CONCLUSÃO (VS. 9);
3) A APLICAÇÃO (VS. 10-13).

1. A PARÁBOLA.

A história começa com um homem rico que tinha um administrador. Isso é normal e aconteceu muitas vezes. Um homem rico vivia da renda dos seus bens, enquanto usava um administrador para cuidar dos bens. Toda a renda e
todo o movimento de dinheiro passavam pelas mãos do administrador. Ele podia cuidar de tudo, se o mestre confiava nele...Para ler mais, clique aqui.