Texto: Salmo 107                             

 

Queridos irmãos em Jesus Cristo,

Estamos reunidos aqui para louvar ao Senhor. Para demonstrar-mos gratidão pelas suas bênçãos. As suas bênçãos sobre o nosso trabalho. Este trabalho pode ser feito de várias maneiras: há pessoas que trabalham em casa e cuidam das crianças; outras pessoas trabalham numa escola; existem pessoas que cuidam da limpeza de uma casa ou de uma escola; outras trabalham numa empresa, ou estudam na faculdade. O nosso trabalho conhece uma grande variedade. E cada um de vocês tem os seus problemas e preocupações no seu trabalho. E com estes sentimentos estamos aqui reunidos.

Podemos agradecer a Deus, mas isso não quer dizer que o agradecemos pelo mesmo motivo; pode ser que uma pessoa tenha muitos motivos para demonstrar sua gratidão e agradecer a Deus, e outra pessoa tenha poucos; pode ser que há irmãos que estão sem preocupações; mas pode ser que há irmãos que estão com problemas financeiros.

Neste salmo encontramos várias pessoas que agradeceram a Deus. Cinco pessoas. Cada uma fala sobre as suas experiências em sua vida com o Senhor e cada uma diz porque ela quer agradecer a Deus. Devemos prestar atenção nessas pessoas. Devemos prestar atenção no que elas nos contam para nos tornarmos sábios e pensarmos nisso e meditarmos no amor de Deus, o Senhor!

  1. O FUGITIVO

Em Salmo 107 fala-se em primeiro lugar sobre um fugitivo (vss. 4-7); ele conta sobre as suas experiências... no deserto (vs.4). Num mundo inóspito. Não há nada neste mundo; nada cresce; só há areia; não há água, nem grama, nem árvores, nenhuma sombra se vê. Só terra seca e quente. Assim é um deserto. Este homem estava lá. Ele andava perdido pelo deserto (4), pois não havia um caminho no deserto. Um caminho é feito, quando muitos homens passam por um lugar... Para ler mais, clique aqui.