Domingo 20 CdH

 P.: 53. O que você crê sobre o Espírito Santo?

R.: Primeiro: creio que ele é verdadeiro e eterno Deus com o Pai e o Filho.

Segundo: que ele foi dado também a mim. Por uma verdadeira fé, ele me torna participante de Cristo e de todos os seus benefícios. Ele me fortalece e fica comigo para sempre.

 

Texto: Romanos 8, 9-11

 

Queridos irmãos em Jesus Cristo,

Pode um morto se levantar? A reposta é clara: não! Só se Deus quiser!  Também podemos perguntar: pode um homem que anda na carne, um homem que não é regenerado, agradar a Deus?  A resposta é clara: NÃO! Não pode. Só se Deus quiser; Só se o Espírito de Deus habitar nele.

Paulo fala neste capítulo 8 sobre dois caminhos: o caminho da carne e o caminho do Espírito; quem anda no caminho da carne, ele está no caminho do pecado; ele vive em pecado e não agrada a Deus. Ele não pode agradar a Deus, diz Paulo. Ele só pode agradar a Deus, se Deus quiser; só se for regenerado pelo Espírito de Deus; Paulo usa uma palavra bem forte aqui. Ele diz que o homem da carne está morto em pecado; ele deve ser renascido. Paulo até fala sobre uma ressurreição. Irresistível é a graça de Deus ao que está morto em pecado. Se Deus quiser, Ele vem com o seu Espírito poderoso e entra na nossa vida, porque quer habitar em nós.

Assim é a situação do crente. Paulo diz aos irmãos em Roma, mas indiretamente também a todos os verdadeiros crentes: “Mas vós não estais na carne, mas no Espírito, porque o Espírito de Deus habita em vós”. Assim é a situação na congregação de Cristo. E quando Paulo fala sobre o Espírito de Deus que habite em nós, ele também explica o que isso significa. Sobre isso fala o nosso sermão:

 

SE O ESPÍRITO DE DEUS HABITA EM VOCÊ: 

  • VOCÊ TEM A REMISSÃO DOS PECADOS; (Vs. 10)
  • VOCÊ TEM A RESSURREIÇÃO DO CORPO; (Vs. 11ª)
  • VOCÊ TEM A VIDA ETERNA; (Vs. 11b)

 

Se o Espírito de Deus habita em você, você tem a remissão dos pecados

Falando sobre o Espírito de Deus, devemos ter cuidado para não fazermos o mesmo erro que muitas pessoas fazem, quando falam sobre o Espírito Santo. Porque muitas pessoas falam sobre o Espírito Santo, pensando que nesta época é a época do Espírito Santo. Conforme aquelas pessoas, Deus se manifestou no antigo testamento como Pai; no Novo Testamento como Filho e depois Pentecostes como... Para ler mais, clique aqui.

Texto: João 15: 12-17

Leitura: João 15: 1-17

 

O capítulo 15 do Evangelho de João é um dos bonitos textos da Bíblia que explica muito bem como somos unidos com Jesus Cristo em amor fraternal, como membros de um só corpo; e como devemos mostrar este amor uns aos outros. Jesus Cristo mesmo explicou isso aos seus discípulos. Ele usou o exemplo de uma videira e disse:

“Eu sou a verdadeira videira. [-] Eu sou a videira e vós os ramos. Aquele que permanece em mim e eu nele produz muitos frutos; porque, sem mim, nada podeis fazer”.

“Como o ramo não pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira, assim também vós, se não permanecerdes em mim”.

O exemplo que Jesus usa é simples e poderoso. É bem claro o que ele quer dizer. Temos a vida só em comunhão com ele; e podemos produzir frutos só em comunhão com ele. Esta metáfora enfatiza A COMUNHÃO com Cristo. Como na Santa Ceia. A Santa Ceia nos mostra também a comunhão com Cristo.

Aqui na mesa temos comunhão com o sacrifício de Cristo na cruz.

Aqui na mesa compartilhamos a benção da cruz: o perdão dos nossos pecados. Aqui na mesa sentimos o amor de Cristo, que ofereceu a sua vida por nós. Como ele mesmo disse em vs. 13: “Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida por seus amigos”. Cristo fez isso. Ele nos mostrou o seu amor. E ele quer que sejamos infectados pelo seu amor.

O amor de Cristo deve dominar a nossa vida;

O amor de Cristo deve governar os nossos atos;

O amor de Cristo deve produzir frutos na nossa vida. Frutos de amor. Uvas de amor.

Isso DEVE ser assim. Pois o Senhor do AMOR manda...Para ler mais, clique aqui.