Leitura: Domingo 6 CdH

Texto: Apocalipse 5

 

Amados irmãos em Cristo,

[No domingo passado, o Pr. Flávio pregou sobre o domingo 5 do Catecismo, que começa a falar sobre a nossa Salvação.] Como podemos ser salvos? A conclusão desse domingo foi essa: Precisamos de um MEDIADOR! A última pergunta se referiu a isso: QUE TIPO DE MEDIADOR E SALVADOR, ENTÃO, DEVEMOS BUSCAR? E a resposta foi: O MEDIADOR deve ser um homem verdadeiro e justo, contudo, mais poderoso que todas as criaturas; portanto, alguém que é, ao mesmo tempo, verdadeiro Deus.

Assim terminou o quinto domingo do nosso Catecismo; e hoje vamos ouvir mais sobre este assunto. O sexto domingo continua a falar sobre O MEDIADOR de que nós precisamos. Ele oferece duas coisas: em primeiro lugar, uma teologia do Mediador, e em segundo lugar, o fundamento bíblico dessa teologia. Quer dizer, a ideia de que precisamos de um Mediador não é uma invenção dos teólogos reformados que criaram esse Catecismo, mas ela é uma revelação de Deus. Deus nos revelou, por meio de profecias e visões, que tipo de Mediador nós precisamos para ser salvos.

Para deixar isso bem claro, esse domingo termina com a pergunta: Como você sabe disso? E a resposta diz: Pelo santo evangelho que o próprio Deus, de início, revelou no paraíso. Depois mandou anunciá-lo pelos santos patriarcas e profetas, e o prefigurou através dos sacrifícios e das outras cerimônias do Antigo Testamento. Finalmente, o cumpriu por seu único Filho...!

Meus irmãos, já notaram isso? Aqui vocês têm UM RESUMO da teologia Bíblica de TODAS AS SAGRADAS ESCRITURAS. Uma teologia CRISTOCÊNTRICA que une o Antigo Testamento ao Novo Testamento. O elo divino que une todos os sessenta e seis livros da Bíblia é CRISTO! Se alguém quer saber o conteúdo da Bíblia, dessa pequena biblioteca de 66 livros, você pode responder e dizer: A Bíblia fala sobre ... Para ler mais, clique aqui.

 

 

Domingo 8 CdH

 P. 24: Por que você fala de três Pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo, visto que há um só Deus?

R.: Porque Deus se revelou em sua Palavra de tal maneira que essas três Pessoas distintas são o único, verdadeiro e eterno Deus.

 

 

Leitura: Domingo 8                              

Texto: João 14, 1-20                           

 

Queridos irmãos em Jesus Cristo,

 

Quem é Deus para você? Deus está perto ou longe de você? Para muitas pessoas Deus está muito longe. Ele é um Deus desconhecido. Ele está numa grande distância de nós. Assim pensam as pessoas que se afastaram de Deus. Mas há também crentes que pensam assim. Eles sentem uma distância entre Deus e eles; esta distância existe desde a criação do mundo.

Deus criou uma distância... no momento que ele criou o homem. Esta distância é a distância entre o Criador e a sua criatura. Deus não é como uma criatura. Ele é diferente; não é um homem. Deus tem características que nós não temos e por isso também não entendemos bem.  Pois Deus é eterno, incompreensível, invisível, imutável, infinito e todo poderoso. São características que nós não temos; e por causa destas características incomunicáveis sentimos uma distância.

A mesma distância que Israel sentiu, quando Deus se aproximou e desceu no monte Sinai. O povo ficou numa distância e só Moisés subiu para encontrar Deus. Moisés subiu e ficou lá mais do que um mês. E o povo esperava e esperava. E cada dia eles sentiam mais a distância entre eles e Deus. Então, eles começaram a murmurar: Onde está Moisés? Onde está o nosso Deus? Eles não gostaram da idéia que Deus estava distante deles. Eles queriam ver Deus. E por isso eles criaram uma estátua de ouro pensando que assim Deus estaria mais perto deles.

Então, irmãos, existe uma distância entre Deus e os homens. E...Para ler mais, clique aqui.