Texto: Êxodo 3, 16-18

Leitura: Números 1

                

Queridos irmãos em Jesus Cristo,

Quem quiser falar sobre a liderança do povo de Deus deverá ter cuidado em não dizer que havia apenas um tipo de governo que estava conforme a vontade de Deus. Na história da igreja já houve várias tentativas de se provar isso. Pensando sobre o governo da igreja, as pessoas defendiam vários sistemas de governo: fulano defendia o sistema hierárquico da igreja de Roma, beltrano defendia o sistema presbiteriano, e sicrano, o sistema presbiterial das igrejas reformadas, e houve ainda outras pessoas que defendiam o sistema congregacional das igrejas independentes.

A história das igrejas nos mostra uma grande variedade de sistemas de governo. Este conhecimento já deve deixar uma pessoa cautelosa quando ela quiser pregar sobre a liderança na igreja. E ela fica ainda mais cautelosa quando abre a bíblia para ver como o povo de Deus foi governado durante muitos séculos, pois houve uma evolução natural no governo.

  •  A primeira fase foi o sistema familiar com o pai, que era o cabeça da família;
  • A segunda fase foi o sistema familiar com os pais, que se tornaram os anciãos;
  • A terceira fase foi o sistema familiar com os anciãos, embaixo da liderança de um líder.

A primeira fase começou no Paraíso, com a criação do homem. Deus mesmo colocou uma estrutura na criação e na vida familiar, para que tudo fosse feito numa boa ordem. O apóstolo Paulo falou sobre isso em sua primeira carta a Timóteo (2,12), quando ele disse: “E não permito que a mulher ensine, nem exerça autoridade de homem; esteja, porém, em silêncio. Porque, primeiro, foi formado Adão, depois, Eva”. A ordem na criação - primeiro Adão, depois Eva – significa também uma ordem na casa: - primeiro o...Para ler mais, clique aqui.

Texto: Ex. 2, 11-22                                      

Leitura: Atos 7, 23-29                     

              Hebr. 11, 24-27                   

Queridos irmãos em Jesus Cristo,

Acabamos de ler uns trechos da Bíblia; e neles recebemos um testemunho sobre Moisés. Lemos estas partes e agora me pergunto: qual é a sua opinião sobre ele? O que você acha dele? Imagine que ele estivesse nomeado para ser presbítero; você ia escolhê-lo?

Esse homem assassinou uma pessoa. Ele quer controlar tudo; ele é covarde e foi casado com uma mulher incrédula. São uns detalhes que chamam a atenção, lendo Êxodo 2. Uns pequenos detalhes que nos deixam com grandes dúvidas. Estas dúvidas diminuem lendo os outros textos sobre Moisés, que encontramos em Atos 7 e em Hebreus 11. Estes textos falam positivamente sobre ele. Isso deixa Êxodo 2 um pouco complicado. O que o Senhor quer nos ensinar? Qual é o mensagem de Êxodo 2?

Bom, irmãos, vamos descobrir a mensagem do texto, se prestarmos atenção ao contexto. O livro de Êxodo fala sobre o êxodo de Israel; sobre a salvação de Israel. No capítulo 1 se fala sobre a miséria do povo no Egito; e na primeira parte do capítulo 2 se fala sobre o nascimento de Moisés, o salvador do futuro. Então a salvação está perto. Só é uma questão de tempo. A grande pergunta é: quanto tempo ainda falta? Quem decide isso: Moisés ou Deus?

DEUS ENSINOU A MOISÉS QUE SALVARÁ ISRAEL NO SEU TEMPO

  • Moisés já recebeu os DONS de Deus;
  • Moisés ainda não recebeu O CHAMADO de Deus;

Como devemos avaliar a vida de Moisés, irmãos? Ele era crente? Sim ou não? O autor do livro aos Hebreus não tem nenhuma dúvida: Ele era crente! Ele agiu como seus pais, Abrão, Isaque e Jacó: com a mesma confiança em Deus. Pois a Bíblia diz:

“Pela fé, Moisés, quando já homem feito, recusou ser...Para ler mais, clique aqui.