Leitura: Hebreus 3

Texto: Números 12

Queridos irmãos e Irmãs em Cristo Jesus,

Hoje em dia há muitas discussões sobre o papel da mulher na congregação. Cada vez mais cresce a ideia de que homem e mulher são iguais. A Revolução Francesa, no século XVIII, começou a divulgar essa filosofia: “Liberté, igualité e fraternité”; foram os três gritos que encheram as ruas de Paris. E o eco desses gritos se espalhou pelo mundo inteiro. Essas ideias tinham grande influência nos Estados Unidos. Liberdade para os negros, igualdade para as mulheres; democracia para todos. A batalha pela igualdade das mulheres, nas eleições, na política e na educação caracterizou o século XX.

E este movimento ganhou força depois da Segunda Guerra Mundial, e especialmente depois da Revolução dos Sexos, nos anos sessentas. Homem e mulher são iguais e devem ter os mesmos direitos. Por meio da educação e por meio da filosofia socialista a opinião comum começou a mudar no final do século XX, e o último bastião que deve ser conquistado é a igreja. A igreja é um bastião conservador que ainda prega a desigualdade: o homem é o cabeça da sua família e da esposa! Mas, como já disse, as muralhas estão sendo derrubadas. Hoje em dia há muitas discussões sobre o papel da mulher na congregação.

Várias igrejas protestantes abriram as portas dos ofícios nos anos sessentas: a igreja Anglicana na Inglaterra, a igreja Luterana na Alemanha, a igreja Protestante na Holanda. As igrejas reformadas – naquela época- protestavam e reclamavam sobre a liberalidade dessas igrejas, e apontavam para as escrituras, mas trinta anos depois – no início do terceiro milênio – começaram também grandes discussões dentro das Igrejas Reformadas na Holanda e nos Estados Unidos. Li vários artigos e relatórios que começavam a defender... Para ler mais, clique aqui.

Baixar sermão

Texto: Êxodo 4: 18-26         

Leitura: Gen. 17: 1-4 & Hebr. 10: 26-39

 

Queridos irmãos de Jesus Cristo,

O texto que escolhi hoje é um pouco esquisito. O que acontece é estranho: O Senhor apresenta-se de uma maneira rigorosa e inesperada. É a primeira vez que vimos o Senhor com raiva. Pronto para matar Moisés.

Lendo o contexto, a situação fica ainda mais complicada. Pois o que aconteceu? Em Êxodo 3 lemos como Deus chamou Moisés para libertar Israel. Deus chamou a sua atenção pela sarça, que estava queimando. A sarça estava queimando, mas não era consumida. O fogo continuou aceso e não cessava. Moisés viu isso e, quando ele se aproximou, ele descobriu que o Senhor estava ali: o Deus de Abraão.

O Senhor lhe contou que tinha visto a miséria de Israel no Egito e queria ajudá-los. Ele ia libertá-los e Moisés foi escolhido para fazer isso. Ele devia visitar o Faraó e pedir a liberdade de Israel. Moisés não queria, mas Deus insistiu. Ele deixa bem claro que ele não estaria sozinho. Deus irá com ele. Será o seu aliado, dará poder a Moisés para fazer grandes milagres e vai o ajudar no falar. Moisés recebeu todo apoio de Deus. Então, finalmente, Moisés concordou. Ele se preparou para viajar; junto com a sua família: a sua mulher e os seus filhos.  Esta viagem é perigosa; mas Deus vai com Moisés. Ele irá protegê-lo; é o seu aliado fiel.

Então, Moisés viajou todo dia; até à noite. Pois, durante a noite, ele não podia viajar devido à escuridão. Então ele parava para dormir. Mas o que aconteceu? Uma coisa horrível aconteceu, irmãos. Enquanto ele estava dormindo, chegou o seu grande amigo, o seu poderoso aliado, o seu Senhor… e ele o atacou …Para ler mais, clique aqui.

Texto: Ex. 2, 11-22                                      

Leitura: Atos 7, 23-29                     

              Hebr. 11, 24-27                   

Queridos irmãos em Jesus Cristo,

Acabamos de ler uns trechos da Bíblia; e neles recebemos um testemunho sobre Moisés. Lemos estas partes e agora me pergunto: qual é a sua opinião sobre ele? O que você acha dele? Imagine que ele estivesse nomeado para ser presbítero; você ia escolhê-lo?

Esse homem assassinou uma pessoa. Ele quer controlar tudo; ele é covarde e foi casado com uma mulher incrédula. São uns detalhes que chamam a atenção, lendo Êxodo 2. Uns pequenos detalhes que nos deixam com grandes dúvidas. Estas dúvidas diminuem lendo os outros textos sobre Moisés, que encontramos em Atos 7 e em Hebreus 11. Estes textos falam positivamente sobre ele. Isso deixa Êxodo 2 um pouco complicado. O que o Senhor quer nos ensinar? Qual é o mensagem de Êxodo 2?

Bom, irmãos, vamos descobrir a mensagem do texto, se prestarmos atenção ao contexto. O livro de Êxodo fala sobre o êxodo de Israel; sobre a salvação de Israel. No capítulo 1 se fala sobre a miséria do povo no Egito; e na primeira parte do capítulo 2 se fala sobre o nascimento de Moisés, o salvador do futuro. Então a salvação está perto. Só é uma questão de tempo. A grande pergunta é: quanto tempo ainda falta? Quem decide isso: Moisés ou Deus?

DEUS ENSINOU A MOISÉS QUE SALVARÁ ISRAEL NO SEU TEMPO

  • Moisés já recebeu os DONS de Deus;
  • Moisés ainda não recebeu O CHAMADO de Deus;

Como devemos avaliar a vida de Moisés, irmãos? Ele era crente? Sim ou não? O autor do livro aos Hebreus não tem nenhuma dúvida: Ele era crente! Ele agiu como seus pais, Abrão, Isaque e Jacó: com a mesma confiança em Deus. Pois a Bíblia diz:

“Pela fé, Moisés, quando já homem feito, recusou ser...Para ler mais, clique aqui.

Texto: Êxodo 2: 1-10

 

Queridos irmãos em Jesus Cristo,

Irmãos, quero começar com uma pergunta: Como está o plano de Deus em sua vida? Deus a está governando? Você sente a sua mão poderosa? Muitas pessoas não sabem responder estas perguntas.

Pode ser porque elas têm uma ideia errada sobre Deus; elas não estão vendo como Deus está trabalhando na sua vida; elas não reconhecem o Espírito de Deus no trabalho dos seus pais, que são crentes; ou elas não reconhecem o Espírito de Deus no trabalho dos professores cristãos, no trabalho dos presbíteros da igreja; ou no ensino dos pastores; pode ser que elas não reconhecem as ferramentas de Deus: a Bíblia, e os sacramentos: a água do Batismo, e o pão e vinho da Santa Ceia.

Muitas pessoas pensam que o poder de Deus SÓ se mostra com muito "fogo": em coisas especiais, em coisas sobrenaturais. "Quando Deus começa a trabalhar... Vemos o poder explosivo dEle! Quando Deus começa a trabalhar... Veremos milagres acontecer! Quando Deus começa a trabalhar... Veremos revelações, como no caso do profeta Samuel e no caso do apóstolo Paulo." Eles foram chamados com poder. Não podemos negar isso.

Mas prestem atenção, irmãos, que Deus também trabalha de um jeito normal. Deus governa  todas as coisas e pode manipular a vida das pessoas simples e normais como quiser. A vida de pessoas simples como vocês e eu. Podemos ver isso quando observamos o nascimento de Moisés. O segundo capítulo de Êxodo fala sobre isso. Nós não encontramos o nome de Deus neste capítulo e até podemos nos perguntar: Onde está o nosso Deus? Mas Deus está presente sim! Ele está trabalhando atrás das nuvens...Para ler mais, clique aqui