Skip to content

Berichten getagd ‘Pentecostes’

O Espírito de Cristo nos consola na vida e na morte

Texto: Rom. 8: 14-16 e 28
Leitura: Rom. 8: 1-17

 

Queridos irmãos,


Hoje é o dia de Pentecostes. Hoje nós nos lembramos que faz quase dois mil anos que Cristo derramou o Espírito de Deus sob a
igreja em Jerusalém. Sob os apóstolos e sob outros membros da igreja. Foi o início da colheita. Depois disso os apóstolos foram
enviados para Judeia, Samaria e até os confins da terra, para proclamar o evangelho da ressurreição de Jesus Cristo; eles foram
enviados para semear a palavra de Deus e para colher o resultado. Às vezes a cem, às vezes a sessenta e às vezes a trinta por um.

O dia de Pentecostes, irmãos, foi um dia especial na história deste mundo. Neste dia começou a conquista de Jesus Cristo para vencer
o mundo. Não com força, nem com violência, mas com o poder irresistível do Espírito Santo. Este primeiro dia de Pentecostes,
cinqüenta dias depois da ressurreição de Cristo, marcou o início da campanha espiritual de Jesus. Cada ano a igreja lembra-se do dia
de Pentecostes.

Mas, irmãos, isso não quer dizer que só neste dia o Espírito de Deus estava ativo. Nada disso! De fato podemos dizer que cada dia é um
dia de Pentecostes; pois o Espírito de Deus continuou o seu trabalho desde aquele primeiro dia de Pentecostes até agora Ele está
trabalhando neste mundo para conquistar espiritualmente os corações das pessoas que vivem nas trevas; para livrar todos que
vivem na escuridão, na tristeza; todos que não têm esperança; todos que pensam que não há vida depois da morte; todos que têm
medo para morrer; todos que procuram uma segurança, uma consolação, para esquecer a sua miséria, para esquecer o seu
futuro.

Há pessoas que procuram esquecer seus problemas ou aliviar a sua vida com ...Para ler mais, clique aqui

 

Pentecostes: Sinais especiais da presença do Espírito Santo

Domingo 20 CdH

P. 53. O que você crê sobre o Espírito Santo?
R. Primeiro: creio que ele é verdadeiro e eterno Deus com o Pai e o
Filho.
Segundo: que ele foi dado também a mim. Por uma verdadeira fé, ele
me torna participante de Cristo e de todos os seus benefícios. Ele me
fortalece e fica comigo para sempre.

Leitura: Atos 2: 1-13

 

Irmãos,

Um pouco antes da sua ascensão, Jesus disse aos seus apóstolos: “Esperai a promessa do Pai”. E ele acrescentou: “pois João batizou
com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias” (Atos 1: 4-5). Foi uma promessa maravilhosa:
ser batizado com o Espírito Santo. O que isso queria dizer? Quem era o Espírito Santo?

A Bíblia já fala sobre o Espírito na primeira página. Logo no início da criação houve o Espírito de Deus. Gn. 1: 2 diz: “A terra era sem
forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, E O ESPÍRITO DE DEUS PAIRAVA sobre a face das águas”. O que o Espírito estava
fazendo lá? Só pairando? Não! Salmo 104: 30 diz: “Quando envias, ó Deus, o teu Espírito, todas as criaturas são criadas. E renovas a
face da terra”.

O Espírito estava lá para preparar a face da terra, assim que o homem pudesse viver nela. O Espírito dá vida. Ele dá as possibilidades
para viver. Se O Espírito renovar a face da terra, chegarão as flores nas árvores e depois as frutas. O Espírito de Deus não trabalha
somente na natureza, mas também na sociedade, nas cidades, nos homens.

Em algumas situações o Espírito de Deus desceu sobre certas pessoas. Por exemplo, em Números 11: 25, que diz: “Então, o
Senhor desceu na nuvem e lhe falou; e, tirando do Espírito que estava sobre ele, o pôs sobre ...Para ler mais, clique aqui.

A pregação da palavra é mais importante que o falar em línguas

Texto: Atos 2, 1-4                  

Leitura: Atos 1, 1-11 

 

Queridos irmãos em Jesus Cristo,

O texto de Atos 2, 1-4 é um elo entre A ASCENSÃO DE CRISTO e A MISSÃO DOS APÓSTOLOS.  Antes da sua ascensão Jesus prometeu mandar o Espírito aos seus discípulos. A vinda do Espírito é necessária para os apóstolos serem testemunhas e pregarem o evangelho.

Então o Espírito veio para preparar os apóstolos; não para convertê-los, mas para ungi-los.  Pentecostes não é o dia da CONFISSÃO DE FÉ dos apóstolos, mas o dia da ORDENAÇÃO dos apóstolos. Eles foram escolhidos por Jesus e agora devem ser ordenados publicamente pelo Espírito de Jesus para pregar o evangelho.

Mas antes de conseguir isso Jesus devia subir ao céu. Ele devia subir ao céu para depois mandar o Espírito de Deus.  O texto mostra isso. O texto mostra essa direção. A INICIATIVA vem do céu! Atrás das ‘cortinas’, ou talvez seja melhor dizer: atrás das nuvens, Jesus está trabalhando. Ele subiu ao céu e de lá ele mandou o Espírito de Deus. O Espírito veio do céu para a casa em que os discípulos de Jesus estavam reunidos. O Espírito de Cristo se distribuiu entre eles e todos ficaram cheios do Espírito Santo. Dessa forma o Espírito conseguiu o seu alvo: eles começaram a falar a todas as línguas.

A mensagem desse texto é o seguinte:

 

O CRISTO GLORIFICADO BATIZOU OS SEUS DISCÍPULOS COM O ESPÍRITO SANTO PARA PREGAR O EVANGELHO A TODAS AS LÍNGUAS.

Isso aconteceu:

  • No dia de Pentecostes;
  • No meio de todo mundo;
  • Pelo poder santificador do Espírito Santo;
  • Pela pregação do Espírito Santo.

 

NO DIA DE PENTECOSTES

Irmãos, não é uma coincidência que o Espírito de Deus foi derramado sobre a congregação de Cristo no dia de Pentecostes. Pentecostes era uma das três grandes festas anuais de Israel. Esta festa foi celebrada exatamente cinquenta dias depois do dia de Páscoa. Por isso nós também celebramos o dia de Pentecostes cinquenta dias depois do dia de Páscoa...Para ler mais, clique aqui.

Nós usamos cookies!

Ao utilizar este site, você concorda que este site coloca cookies no seu dispositivo. Um cookie é um pequeno arquivo de texto que o site usa para fazer a função do website e tornar sua visita eficiente.

Clique no contrato para um site totalmente funcional ou veja os detalhes na página de detalhes antes de concordar.

Scroll To Top