Texto: Filipenses 2: 12-18

 

Queridos irmãos,

Às vezes acontecem coisas ruins na nossa vida e nós não sabemos o porquê. Existem certos momentos em que nós só sentimos a miséria e a tristeza. Só depois de muito tempo podemos ver os efeitos positivos daquele momento desagradável.

Como aqui no caso de Paulo. Paulo está na prisão. E da prisão ele manda uma carta à congregação de Filipe. Uma carta com muitas boas palavras e com muitas exortações. Uma carta que edificou e exortou muitas igrejas. Imaginem que Paulo não estivesse na prisão; ele também não teria escrito esta carta. Mas Deus queria que isso  acontecesse. E assim Deus providenciou esta carta para nós.

Então, como já disse: Paulo estava ausente. Ele estava na prisão. Ele não podia visitar a igreja de Filipe. Por causa disso ele mandou uma carta, pois ele quer exortar a congregação. Ele quer que eles fiquem firmes na fé. Os irmãos não devem perder a esperança. Por causa disso ele falou sobre Jesus Cristo.

Ele mostra em primeiro lugar que os irmãos não devem ficar assustados ouvindo que o seu missionário está na prisão. Isso faz parte da vida cristã. Cristo mesmo nos deu um exemplo.  E todos nós devemos seguir o exemplo de Cristo, que se humilhou, tornando- se obediente até a morte.  Paulo seguiu o exemplo de Jesus e por causa disso ele está na prisão. E ele quer que os irmãos continuem no caminho atrás de Jesus Cristo. Seguindo e exemplo de Jesus Cristo. Eles também devem ser obedientes. Não somente na presença de Paulo, mas também na ausência dele. Eles devem continuar! A salvação depende disso! Isso tem a ver com a obra do Espírito de Deus na nossa vida. Aqui se trata da obra da santificação.

Paulo trabalhou como...Para ler mais, clique aqui.