T: Lucas 2, 8-20

L: it.

 

Queridos irmãos/irmãs em Cristo Jesus,

Hoje celebramos a FESTA de Natal! Mas o que define a FESTA de Natal? O que é que torna este dia uma festa? São os piscas-piscas, que brilham em todo canto: nos prédios, atrás das janelas, enfeitando as árvores de Natal? Ou será que é o jantar especial com peru, que a sua mãe preparou com muito amor? Ou a visita de amigos?  Ou a visita das crianças ou dos netos? Os avós gostam tanto! Existem muitas coisas que deixam este dia especial, irmãos, mas todas essas coisas são secundárias! O mais importante é o dono da festa. A festa de Natal não deve ser definida por coisas secundárias que tocam os sentimentos, mas o mais importante da festa é a fé. A fé que conhece o verdadeiro significado da criança na manjedoura; a fé que descobriu a riqueza escondida dessa criança; só para aquelas pessoas que descobriram isso o fato de Natal se torna uma verdadeira festa. Vamos descobrir isso quando prestamos atenção aos PASTORES nessa história.

O FATO do NATAL SE TORNOU UMA FESTA PARA OS PASTORES

  • O FATO DO NASCIMENTO;
  • O SIGNIFICADO DO NASCIMENTO;
  • A FESTA DO NASCIMENTO;

 

  1. O FATO DO NASCIMENTO;

 

Irmãos, o Evangelista Lucas fez um relatório e tentou organizar os fatos da vida de Jesus num livro para seu grande amigo Teófilo. Lucas fez uma pesquisa, verificou os fatos e fez entrevistas com várias testemunhas. E com certeza também com Maria, a mãe de Jesus. Da boca dela ele ouviu os detalhes a respeito do nascimento de Jesus: o decreto do Imperador Augusto, que mandou toda a população do império para recensear-se; esse decreto causou a José viajar para Belém para se registrar; e isso aconteceu na época em que Maria estava grávida. Por causa disso ela não deu à luz o seu filho em Nazaré, mas em Belém.

Com certeza Maria podia se lembrar bem dos detalhes deste primeiro nascimento. Ela guardou todas essas coisas no coração dela. Também a visita dos PASTORES, que apareceram de repente no meio da noite para ver a criança. Eles contaram uma história maravilhosa e disseram que ouviram a notícia do nascimento de uma maneira extraordinária: da boca de um anjo!! Esse anjo lhes tinha dito que o MESSIAS nasceu na cidade de Davi, em Belém. Eles deviam procurá-lo e buscar uma criança enrolada em panos e deitada em manjedoura. Então, fazendo isso, eles chegaram finalmente ao lugar onde estavam José e Maria. Um grupo de homens sujos e desconhecidos que pediram licença para ver o bebê. Um momento inesquecível!...Para ler mais, clique aqui.