Skip to content

Berichten getagd ‘Nascimento de Cristo’

O nascimento de Jesus

Texto: Lucas 2: 1-7

 

Amados irmãos em Cristo,

A história de Natal é, para muitas pessoas, mais ou menos como um conto de fadas. Para elas não é importante se as coisas aconteceram de verdade, mas é uma fábula com vários temas, em que todo mundo pode se reconhecer. Conforme essas pessoas, o Natal é uma história do AMOR PARA A CRIANÇA e a mensagem deve ser que nós também temos que amar as nossas crianças ou ajudar as crianças sem família, sem comida, ou sem casa;

Para outras pessoas o Natal é uma história que fala sobre A MÃE CUIDADOSA. Maria! E conforme elas a mensagem deve ser que todas as mães devem ser obedientes à Deus. Outras acentuam a atmosfera romântica: José, Maria e o nenê, uma Família ABENÇOADA e FELIZ. Assim seja nas nossas casas no Natal; Então, assim há muitos mais temas: A PAZ NO MUNDO, A POBREZA, A SOLIDÃO, SER ESTRANGEIRO etc. Assim existem  várias maneiras de fazer uma relação entre o nascimento de Cristo e os problemas sociais de hoje em dia, e não importa as veracidade das coisas.

E o que vocês acham disso, irmãos? O que aconteceu no Natal foi uma história real? José, Maria e Jesus foram pessoas reais? Ou tudo isso é uma fábula? Não é, irmãos! É uma história real. É muito importante acreditar que o nascimento de Jesus é um fato real. Se não fosse, seria um conto de fadas. E se fosse um conto de fadas, seria melhor que vocês ficassem em casa hoje, pois quem adoraria uma figura dum conto de fadas? Quem faz isso é louco. MAS, irmãos, vocês não são loucos. E esse prédio não é um sanatório, mas a Igreja de Cristo.

Nós cremos que Jesus Cristo...Para ler mais, clique aqui.

A alegria de Maria; preparação para o Natal e Santa Ceia

Texto: Lucas 1, 28-29                                 

Leitura: Lucas 1, 26-38

 

Queridos irmãos em Cristo Jesus,

Houve uma explosão de alegria em Israel quando Cristo nasceu.

Observando as reações das pessoas que foram testemunhas do nascimento de Jesus Cristo, devemos dizer que elas estavam cheias de alegria.

  • A velha Ana pulou de alegria quando viu o menino Jesus no templo (Luc. 2,38);
  • O velho Simeão pegou o menino nos seus braços e louvou a Deus (Luc. 2,28);
  • Os pastores voltaram para o rebanho, depois da visita, glorificando e louvando a Deus (Luc. 2,20);
  • Os Anjos cantaram cheios de alegria (Luc. 2,13);
  • Zacarias se alegrou conhecendo o plano de Deus (Luc. 1,68);
  • Isabel estava alegre com a misericórdia do Senhor (Luc. 1,58);
  • O bebê Joãozinho estremeceu de alegria ainda na barriga de Isabel (Luc. 1,44);
  • Maria estava alegre e cantou: a minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegrou em Deus (Luc. 1,46);

Todos estavam alegres. E por quê? O anjo Gabriel explicou este porquê, pois ele iniciou esta onda de alegria. Ele chegou à casa de Maria e lhe disse: “Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!”. Estas palavras explicam exatamente o motivo da alegria, que encontramos na Bíblia não somente na época em que Jesus nasceu, mas também antes e depois disso. A Bíblia nos mostra que a presença de Deus é um motivo de grande alegria para os crentes.

Assim era no Paraíso (Is. 51,3), onde o Senhor andava com Adão;

Assim era no Templo (Is. 12,6), onde o Senhor habitava no meio do seu povo;

Assim será no futuro, na nova Jerusalém (Is. 65,17-19), onde Deus estará no meio do seu povo. E assim será também na época Messiânica, quando o Senhor estará no meio do seu povo.

Isaías falou sobre isso em Isaías 11 e 61 e deixou bem claro que o Messias traria...Para ler mais, clique aqui.

Nós usamos cookies!

Ao utilizar este site, você concorda que este site coloca cookies no seu dispositivo. Um cookie é um pequeno arquivo de texto que o site usa para fazer a função do website e tornar sua visita eficiente.

Clique no contrato para um site totalmente funcional ou veja os detalhes na página de detalhes antes de concordar.

Scroll To Top