Domingo 10 CdH

P. 27: O que é a providência de Deus?

R. 27: É a força toda-poderosa e presente com que Deus, pela sua mão, sustenta e governa o céu, a terra e todas as criaturas. Assim, as ervas e plantas, chuva e seca, anos frutíferos e infrutíferos, comida e bebida, saúde e doença, riqueza e pobreza e todas as coisas não nos sobrevêm por acaso, mas de sua mão paternal.

 P. 28: Para que serve saber da criação e da providência de Deus?

R.: Para que tenhamos paciência em toda adversidade, mostremos gratidão em toda prosperidade e para que, quanto ao futuro, tenhamos a firme confiança em nosso fiel Deus e Pai de que criatura alguma nos pode separar do amor dele. Porque todas as criaturas estão na mão de Deus de tal maneira que, sem a vontade dele não podem agir nem se mover.

 

Texto: Domingo 10 CdH

 

Irmãos,

Faz pouco tempo que vi uma entrevista com um motorista de um ônibus. Ele se atrasou e chegou atrasado na empresa. O ônibus já tinha saído com um outro motorista. Trinta minutos depois, o ônibus explodiu. Todos os ocupantes morreram. Também o motorista que o substituiu. O motorista teve muita sorte e sobreviveu. Quando ouvi isso, pensei: é verdade? Ele tinha boa sorte? Foi coincidência ou providência?

É só um exemplo. Coisas assim acontecem mais vezes. [Pensei também no que aconteceu no ano passado. Num Domingo preguei sobre Lucas 9 sobre o filho que queria seguir Jesus, mas não podia pois devia enterrar o seu pai. Expliquei que devemos primeiramente seguir Jesus, e quem segue Jesus pode enterrar o seu Pai. Uma semana depois o meu pai morreu e eu tinha que fazer o que disse. Coincidência ou Providência?]

Coisas boas e coisas más. Às vezes acontecem no mesmo dia. As coisas boas aceitamos de boa vontade. Elas vêm de Deus. Mas as coisas más: elas vêm de onde? Também de Deus? Há pessoas que negam isso. Conforme essas pessoas o bom vem de Deus, e o mal do Diabo. Deus tem nada com isso. Será irmãos? Será que há momentos que o mal é mais forte do que Deus?

A Bíblia nega isso. A Bíblia nos mostra que o bom e o mal vêm de Deus.

Pensa em Jó. Em um dia só, ele perdeu tudo! O gado e os cavalos, os seus camelos e ovelhas. Tudo! Até os seus sete filhos e três filhas. E quando Jó ouve essas notícias más, ele se levantou, rasgou seu manto, raspou sua cabeça, caiu por terra, inclinou-se no chão e disse: “Nu sai do ventre de minha mãe e nu voltarei por lá. Iahwe o deu, Iahwe o tirou, bendito seja o nome de Iahwe”.

A mulher dele não entende isso, mas Jó diz para ela (2,10): Falas como uma idiota: se recebemos de Deus os bens, não deveríamos receber Também os males?” ...Para ler mais, clique aqui.