Leitura: Domingo 26 CdH

Texto: Tito 3,3-6

 

Amados irmãos e irmãs em Cristo Jesus,

Alguém já viu uma reportagem sobre Índia? Alguém já viu as mulheres da Índia?  Muitas indianas andam com um sinal na testa. Bem aqui (apontar!), no meio das sobrancelhas! Um pontinho vermelho, amarelo ou azul. Elas chamam esse pontinho de “bindi” ou “tikka”; essas mulheres acreditam que esse pontinho serve como um “terceiro olho”, que as protege contra o mal. O hinduísmo ensina isso.

As mulheres cristãs que vivem na Índia não acreditam nisso, e não usam aquele “tikka”.  Elas têm um outro sinal na testa, como todos nós. Esse sinal é invisível. Esse sinal é a água do batismo. Todos vocês receberam esse sinal no dia do seu batismo. Essa é uma caraterística de todos os cristãos. É uma marca.

Essa marca é visível no momento em que a pessoa está sendo batizada. Naquele momento o pastor derrama água na cabeça da pessoa, ou a pessoa entra numa piscina, para ser batizada por imersão. Existem dois tipos de batismo: um por aspersão e o outro por imersão. No primeiro caso o pastor derrama a água na cabeça da criança ou do adulto; e, no segundo caso, a pessoa entra numa piscina ou num rio para ser lavada inteiramente pela água. Maneiras diferentes, porém a mensagem é a mesma. Veja o Catecismo: Cristo instituiu essa lavagem com água e acrescentou a promessa de lavar com seu sangue e Espírito a impureza da minha alma (isto é, todos os meus pecados) tão certo como por fora fico limpo com a água que tira a sujeira do corpo.

Então o batismo com água é um sinal da PURIFICAÇÂO DA MINHA ALMA. Cristo faz isso...Para ler mais, clique aqui.