Leitura: 1 Cr. 3, 1-16      

Texto: Cl. 1,13

 

Queridos irmãos em Cristo Jesus,

O fim do ano sempre se caracteriza pelas confraternizações, tanto no mundo como também na igreja. As empresas terminam o ano com uma confraternização e com a troca de presentes entre amigos secretos. As igrejas também se reúnem no dia de Natal e na véspera do ano Novo. Os sentimentos de perdoar e de buscar paz na terra são bem fortes no final do ano.  Especialmente nas igrejas cristãs.

Por que nas igrejas cristãs? Porque Cristo mesmo ensinou isso aos seus discípulos, e por meio deles, à sua igreja. Quando Cristo nasceu, os anjos já cantaram: “Glória a Deus nas alturas e PAZ NA TERRA entre os homens a quem ele quer bem”. Os anjos disseram isso, porque o Cristo chegou; o messias: Jesus, o Salvador do Mundo.  Salvação quer dizer: oferecer a remissão dos pecados, mas também libertar do domínio do Diabo. Cristo chegou para nos libertar dos laços do Diabo e para nos reunir em redor dele. Como Paulo diz em Colossenses 1, 13: “Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o Reino do seu amor, no qual temos a redenção, a remissão dos pecados”.

            Deus nos transportou para o Reino do seu amor, no qual temos a redenção, a remissão dos pecados. Esse Reino do seu amor encontra-se na igreja, onde recebemos a redenção, a remissão dos pecados. Cristo nos oferece a remissão dos pecados por meio da pregação e também pela administração do Batismo e da Santa Ceia. Aqui em redor da mesa nós encontramos a remissão dos pecados e paz com Deus, mas também a remissão dos pecados e comunhão fraternal. A comunidade de Cristo deve ser um exemplo de amor no meio de um mundo...Para ler mais, clique aqui.