Mais do que comoção, a morte de Cristo é sobre salvação.

T: João 18, 33 – 19, 16

L: Domingo 15 CdH

             

Amada congregação do Senhor Jesus Cristo,

 

Cada país e cada região tem seus próprios costumes e tradições para relembrar a morte de Cristo. Por exemplo, existe em Pernambuco o costume de relembrar a morte de Cristo através de um grande espetáculo de teatro (Paixão de Cristo). É uma das maiores peças de teatro do mundo, onde atores famosos procuram imitar as emoções dos sofrimentos de Cristo.

Nas Filipinas, o povo vai mais longe. Eles erigem várias cruzes, e voluntários se oferecem para serem crucificados. As mãos deles são furadas com pregos, e durante umas horas as pessoas ficam penduradas nas cruzes. Assim são feitos vários espetáculos para relembrar a morte de Cristo. As multidões ficam emocionadas.

E a loucura não tem limites. Surgem até pessoas que dizem ser o Cristo. Talvez os irmãos já tenham ouvido de uma pessoa que apareceu num programa sensacionalista de televisão, mostrando as cicatrizes de suas mãos, que tinham sido furadas. Aquela pessoa afirmava ser o Cristo. Assim aconteceu o que o próprio Senhor Jesus já tinha predito: “Aparecerão falsos cristos” (Mt. 24, 23-24).

Mas, irmãos, falando da morte de Cristo, o que seria o mais importante? Será que o mais importante é ter conhecimento dos acontecimentos? Ou será que devemos valorizar, antes de mais nada, as emoções comoventes?

Neste momento é bom vermos o que a antiga igreja cristã confessou a respeito da morte de Cristo no Credo Apostólico. Os irmãos dos primeiros séculos confessaram o seguinte: “Cristo padeceu sob Pôncio Pilatos. Ele foi crucificado.”. Só isto! A antiga igreja se contentou em apenas mencionar que o Senhor Jesus morreu sob o governador Pôncio Pilatos, e que o meio de sua morte foi a crucificação. Esta confissão...Para ler mais, clique aqui.

Nós usamos cookies!

Ao utilizar este site, você concorda que este site coloca cookies no seu dispositivo. Um cookie é um pequeno arquivo de texto que o site usa para fazer a função do website e tornar sua visita eficiente.

Clique no contrato para um site totalmente funcional ou veja os detalhes na página de detalhes antes de concordar.