Skip to content

Berichten getagd ‘Amor a Deus’

A questão dos dízimos é uma questão de coração

Texto: Malaquias 3, 7              

Leitura: Deuteronômio 28 e Malaquias 3, 8-12

          

Queridos irmãos em Jesus Cristo,

Este texto se tornou muito popular entre pastores para exortar a congregação a pagar os dízimos, dizendo: se pagardes os dízimos, Deus vos abençoará abundantemente. Quem pagar 10%, ele receberá dez vezes mais de volta! Há pastores que tem a coragem de dizer isso. Eles só falam em dinheiro; eles prometem montes de ouro, mas esquecem que este texto não fala sobre um jeito pelo qual uma pessoa pode se enriquecer; este texto fala sobre muito mais do que dinheiro. Deus não pensa na CARTEIRA do seu povo, mas no CORAÇÃO do seu povo. O problema dos dízimos é um problema do CORAÇÃO. É sempre assim: as pessoas que não pagam os seus dízimos têm um problema de coração; elas não amam a Deus, mas amam ao dinheiro mais do que ao Senhor; Elas devem se converter.

 

Tornai-vos para Deus e Deus se tornará para vós

  • Tornai-vos para Deus;
  • Deus se tornará para vós.

TORNAI-VOS PARA DEUS

Não é sem motivo que o profeta Malaquias disse estas palavras ao povo de Israel. Deus mandou este profeta porque o povo tinha virado as costas para Deus. O povo não respeitava mais ap Senhor. Isso se tornou visível na vida do dia-a-dia deles, pois eles não respeitavam mais a lei do Senhor. O profeta Malaquias fala sobre isso em todo o seu livro. Este livro é uma grande acusação. Vou dar uns exemplos:

No capítulo I o Senhor Deus está reclamando, pois os sacerdotes desprezam o nome do Senhor e o povo oferece animais cegos para o sacrifício. Isso já é bastante para mostrar que o povo não respeita o Senhor Deus; mas há mais coisas que provam isso: os sacerdotes não ensinam... Para ler mais, clique aqui.

Nós usamos cookies!

Ao utilizar este site, você concorda que este site coloca cookies no seu dispositivo. Um cookie é um pequeno arquivo de texto que o site usa para fazer a função do website e tornar sua visita eficiente.

Clique no contrato para um site totalmente funcional ou veja os detalhes na página de detalhes antes de concordar.

Scroll To Top