Berichten getagd ‘Missão de Jesus’

Jesus salvou a festa de casamento com 800 litros de vinho

Texto: João 2, 1-11

 

Queridos irmãos em Cristo Jesus,

Imagine que há uma grande festa! Um casamento. O casal é crente e os convidados também. No meio da festa aparece também o pastor da igreja, e ele trouxe um presente para o casal: 800 garrafas de vinho! Um vinho excelente!  800 garrafas de vinho! Não para guardar, mas para beber! Imagine que você fosse um dos convidados! O que diria, observando isso? 800 garrafas de vinho! O pastor é bom, ou ele é doido? O que o povo ia dizer? O elogiaria, ou falaria mal dele?

Com certeza os crentes das igrejas pentecostais criticariam tal pastor, dizendo que ele não é um verdadeiro pastor, mas um bebedor de vinho. Eles reagiriam da mesma maneira que os fariseus que criticaram Jesus, dizendo (Luc. 8,34): “aí um glutão e bebedor de vinho!”. 

Esse exemplo já mostra um dos problemas que a história do milagre no casamento em Caná causou. Existem pessoas que gostam dessa história e acham-na muito bonita; mas outras têm dificuldades com ela, e não entendem porque Jesus fez esse milagre.

Em primeiro lugar devemos nos perguntar por que João nos contou essa história. Qual foi o objetivo dele? João falou sobre isso no final do seu livro: Capítulo 20, 31-32. Lá ele disse: “Na verdade, fez Jesus diante dos discípulos muito outros sinais que não estão escritos neste livro. Estes, porém, foram registrados para que creiais que Jesus é O CRISTO, O FILHO DE DEUS, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome.”

Os discípulos seguiram Jesus e começaram a conhecê-lo. Como homem, mas também como FILHO DE DEUS. Eles ouviram as palavras de Jesus e observaram os milagres e ficavam impressionados. E o primeiro milagre aconteceu durante um casamento. João se lembra bem. Foi em...Para ler mais, clique aqui.

O mistério e a Missão; o método e a mensagem de Jesus

Texto: João 2, 1-11

 

Queridos irmãos em Cristo Jesus,

Imagine que há uma grande festa! Um casamento. O casal é crente e os convidados também. No meio da festa aparece também o pastor da igreja, e ele trouxe um presente para o casal: 800 garrafas de vinho! Um vinho excelente!  800 garrafas de vinho! Não para guardar, mas para beber! Imagine que você fosse um dos convidados! O que diria, observando isso? 800 garrafas de vinho! O pastor é bom, ou ele é doido? O que o povo ia dizer? O elogiaria, ou falaria mal dele?

Com certeza os crentes das igrejas pentecostais criticariam tal pastor, dizendo que ele não é um verdadeiro pastor, mas um bebedor de vinho. Eles reagiriam da mesma maneira que os fariseus que criticaram Jesus, dizendo (Luc. 8,34): “aí um glutão e bebedor de vinho!”. 

Esse exemplo já mostra um dos problemas que a história do milagre no casamento em Caná causou. Existem pessoas que gostam dessa história e acham-na muito bonita; mas outras têm dificuldades com ela, e não entendem porque Jesus fez esse milagre.

Em primeiro lugar devemos nos perguntar por que João nos contou essa história. Qual foi o objetivo dele? João falou sobre isso no final do seu livro: Capítulo 20, 31-32. Lá ele disse: “Na verdade, fez Jesus diante dos discípulos muito outros sinais que não estão escritos neste livro. Estes, porém, foram registrados para que creiais que Jesus é O CRISTO, O FILHO DE DEUS, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome.”

Os discípulos seguiram Jesus e começaram a conhecê-lo. Como homem, mas também como FILHO DE DEUS. Eles ouviram as palavras de Jesus e observaram os milagres e ficavam impressionados. E o primeiro milagre aconteceu durante um casamento. João se lembra bem. Foi em...Para ler mais, clique aqui.

Nós usamos cookies!

Ao utilizar este site, você concorda que este site coloca cookies no seu dispositivo. Um cookie é um pequeno arquivo de texto que o site usa para fazer a função do website e tornar sua visita eficiente.

Clique no contrato para um site totalmente funcional ou veja os detalhes na página de detalhes antes de concordar.