Texto: Apocalipse 1, 4-8


Queridos irmãos em Jesus Cristo,

“Cristo nos mandou celebrar esta ceia em sua memória. Nesta mesa nós lembramos que o nosso Senhor subiu ao céu e nos deu a Santa Ceia em memória dele, para que não nos apegarmos aos sinais de pão e vinho, mas levantarmos os nossos corações a Jesus Cristo, que está sentado a direita do Deus Pai. A bíblia nos mostra isso claramente. Como por exemplo no livro de Apocalipse. Quero ler Apoc. 1, 4-8: João, às sete igrejas que se encontram na Ásia, graça e paz a vós outros, da parte daquele que é, que era e que há de vir, da parte dos sete Espíritos que se acham diante do seu trono e da parte de Jesus Cristo, a Fiel Testemunha, o Primogênito dos mortos e o Soberano do reis da terra. Àquele que nós ama, e, pelo seu sangue, nos libertou dos nossos pecados, e nos constituiu reino , sacerdotes para o seu Deus e Pai, a ele a glória e o domínio pelos séculos dos séculos. Amém! Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até quantos o traspassaram. E todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Certamente. Amém! Eu sou o Alfa e Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, que há de vir, o Todo-Poderoso.

Hoje quero lhes pregar sobre:

A Santa Ceia é uma ceia em memória de Cristo

1. Cristo na cruz
2. Cristo na sua vitória
3. Cristo na sua glória;

1. Cristo na cruz.

“Faça isso em memória de mim”, disse Jesus na noite em que foi traído, um pouco antes de morrer na cruz. “Faça isso em memória de mim”. Jesus disse isso, pois sabia que ia morrer. Sabia também a importância da sua morte. Jesus ia morrer como substituto; em lugar do seu povo; Jesus devia morrer para salvar o seu povo. Jesus sabia a importância da sua morte na cruz. E ele quis que nós também conhecêssemos a importância da morte dele. Por causa disso Jesus instituiu a Santa Ceia. A Santa Ceia é uma mesa simbólica com somente pão e vinho na mesa. E este pão e o vinho têm um sentido simbólico...Para ler mais, clique aqui.