Jesus Cristo mandou graça e paz aos eleitos de Deus por meio do seu apóstolo Pedro.

Leitura: 1 Pedro 2, 9-10

Texto: 1 Pedro 1, 1-2

 

Boa noite irmãos, irmãs.

O texto que vamos usar hoje à noite é um pouco esquisito. Por vários motivos. O texto é o início de uma epístola antiga de Pedro aos irmãos em Ásia Menor. Esses irmãos viviam numa outra época, numa outra cultura e numa outra igreja. Então, a distância entre nós e eles é enorme. Porém, os irmãos são recém-convertidos (como nós), seguem Jesus Cristo (como nós), esforçam-se para ter uma vida cristã na sociedade (como nós) e por causa disso são considerados como forasteiros (como nós). Então, a carta de Pedro é interessante e edificante para nós também.

Além disso, esta carta é importante porque é uma carta de Pedro, o apóstolo de Jesus Cristo. Ele conhecia Jesus por muito tempo, ouviu as palavras dele e viu os sofrimentos dele; então, nós podemos aprender muitas coisas lendo a carta dele. E logo no início Pedro usa o termo ELEITOS para caracterizar os irmãos. Pedro começa a falar sobre a ELEIÇÃO. Ela é um elemento muito importante aqui, que transformou a vida dos crentes. Tanto a vida dos crentes da época de Pedro, como também a nossa vida.

 

JESUS CRISTO MANDOU GRAÇA E PAZ AOS ELEITOS DE DEUS POR MEIO DO SEU APÓSTOLO PEDRO.

  • A sua Eleição é fundada na presciência de Deus;
  • A sua Eleição é confirmada pela santificação do Espírito Santo;
  • A sua Eleição se manifestará na obediência a Jesus Cristo;
  • A sua Eleição é uma garantia da benção de Deus: Graça e Paz.
  1. A sua Eleição é fundada na presciência de Deus.

O que Pedro diz aqui, logo no início, serve para edificar e consolar os irmãos em Ásia Menor, porque eles sofriam muito por causa da sua fé cristã. Esta primeira carta de Pedro fala muito sobre os SOFRIMENTOS que os novos cristãos experimentaram em sua vida. De fato, O SOFRIMENTO CRISTÃO é o tema maior desta carta. Se vocês abrirem as suas Bíblias e procurarem a primeira carta de Pedro, vocês poderão verificar isso por si mesmos! Vou apontar alguns pontos nesta carta. Vamos!

Logo no primeiro capítulo (1,6), nós lemos: “Nisso exultais, embora, no presente, por breve tempo, se necessário, sejais contristados por várias provações”.  E no capítulo 3,14 ...Para ler mais, clique aqui.

 

Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo

 

Texto: Domingo 7A                                                 

Leitura: 2 Cor. 5,11-21

 

Irmãos,

Vocês acham que TODOS os homens vão para o céu? Verdadeiramente, TODOS? Por exemplo: os seus vizinhos, vão para o céu? E todos os outros... Na sua rua? Aqui na Igreja ninguém os viu, ou só uma vez, mas depois... Será que vamos vê-los no céu? Isso cabe também por todas as outras pessoas aqui em Maceió, e não só aqui em Maceió, mas também todas as pessoas nas outras cidades e estados do Brasil. Todas as pessoas que estão em outros países ao redor do Brasil. Ou melhor, no mundo todo... Verdadeiramente TODAS AS PESSOAS.

Apesar de como elas se chamam; apesar de como se aparecem; como elas são ou o que elas fizeram. Se forem pobres ou feios, assassino ou muçulmano, soldado ou mulher, negro ou doente, etcetera, etecetera. Posso continuar assim. Verdadeiramente, TODAS as pessoas. TODO mundo.

Essa é de fato a pergunta principal que encontramos aqui no Domingo 7. TODOS OS HOMENS, ENTÃO, TORNAM-SE SALVOS POR CRISTO, ASSIM COMO PERECERAM EM ADÃO? Não, diz o Catecismo. Somente aqueles que, pela verdadeira fé, são unidos a Cristo.

Nem todo mundo concorda com essa resposta. Há pessoas que acham essa resposta limitada demais. Eles são confundidos com outros textos na Bíblia. Por exemplo, 2 Cor. 5,19 onde está escrito que Deus estava em Cristo reconciliando consigo O MUNDO, não imputando aos homens as suas transgressões. Olhem, aquelas pessoas dizem que lá esta escrito claramente que Deus estava reconciliando consigo O MUNDO. Não a igreja, mas o mundo. Não somente os crentes, mas graça para todas as pessoas. Uma reconciliação geral. Isso é a mensagem que podemos ouvir ao nosso redor. E essa mensagem não é nova. Essa mensagem foi ouvida na época da Reforma e antes também.

Graça para todo mundo...Para ler mais, clique aqui.

Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos

 

 

Texto: 1 Samuel 16: 1-13                                           

Leitura: 1 Samuel 15

 

Era uma tarde.

O som de uma bela música enchia o ar livre.

Embaixo de uma árvore... em sua sombra.... protegido contra o sol... estava um menino de mais ou menos 15 anos. Ele era ruivo, de belos olhos e boa aparência. Ele estava tocando uma harpa. Os seus dedos tocavam suavemente as cordas e o vento levava o som da música. Enquanto estava tocando, os olhos dele observavam o campo que estava a sua frente. Muitas ovelhas estavam deitadas ao seu redor; outras estavam mais distantes, comendo a grama. Mais distante ainda estava uma pequena cidade em cima de uma colina. De repente o menino parou de tocar. Ele observava intensamente a cidade, que estava mais ou menos a uma distância de 500 metros, e um rapaz saiu correndo daquela cidade em sua direção; ele fazia sinais com as mãos e gritou:

- Davi! Davi!

Davi se levantou e ficou esperando, até que o rapaz chegou perto dele.

- Davi! Você deve voltar para casa. O seu pai está te chamando.

Davi reagiu surpreso.

- Voltar para casa? Mas eu estou aqui com as ovelhas.

- Sem problema - diz o rapaz - Eu cuido delas. Mas você tem que voltar para casa. Eles querem jantar e o seu pai quer que você esteja presente.

- EU? Por quê?

- Não sei. Hoje chegou um homem velho em sua casa. Ele estava com um novilho. Ali ele matou o novilho e depois disso ele convidou todos os anciãos da cidade, junto com o seu pai e os seus irmãos, para um jantar. E este homem queria que você estivesse ali também. Ele disse: “Manda chamá-lo, pois não nos assentaremos à mesa sem que ele venha”.  Então o seu pai me mandou te chamar. Apressa-te, porque estão esperando para ...Para ler mais, clique aqui.