Skip to content

Berichten getagd ‘Ascensão de Cristo’

Pentecostes: Sinais especiais da presença do Espírito Santo

Domingo 20 CdH

P. 53. O que você crê sobre o Espírito Santo?
R. Primeiro: creio que ele é verdadeiro e eterno Deus com o Pai e o
Filho.
Segundo: que ele foi dado também a mim. Por uma verdadeira fé, ele
me torna participante de Cristo e de todos os seus benefícios. Ele me
fortalece e fica comigo para sempre.

Leitura: Atos 2: 1-13

 

Irmãos,

Um pouco antes da sua ascensão, Jesus disse aos seus apóstolos: “Esperai a promessa do Pai”. E ele acrescentou: “pois João batizou
com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias” (Atos 1: 4-5). Foi uma promessa maravilhosa:
ser batizado com o Espírito Santo. O que isso queria dizer? Quem era o Espírito Santo?

A Bíblia já fala sobre o Espírito na primeira página. Logo no início da criação houve o Espírito de Deus. Gn. 1: 2 diz: “A terra era sem
forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, E O ESPÍRITO DE DEUS PAIRAVA sobre a face das águas”. O que o Espírito estava
fazendo lá? Só pairando? Não! Salmo 104: 30 diz: “Quando envias, ó Deus, o teu Espírito, todas as criaturas são criadas. E renovas a
face da terra”.

O Espírito estava lá para preparar a face da terra, assim que o homem pudesse viver nela. O Espírito dá vida. Ele dá as possibilidades
para viver. Se O Espírito renovar a face da terra, chegarão as flores nas árvores e depois as frutas. O Espírito de Deus não trabalha
somente na natureza, mas também na sociedade, nas cidades, nos homens.

Em algumas situações o Espírito de Deus desceu sobre certas pessoas. Por exemplo, em Números 11: 25, que diz: “Então, o
Senhor desceu na nuvem e lhe falou; e, tirando do Espírito que estava sobre ele, o pôs sobre ...Para ler mais, clique aqui.

A pregação da palavra é mais importante que o falar em línguas

Texto: Atos 2, 1-4                  

Leitura: Atos 1, 1-11 

 

Queridos irmãos em Jesus Cristo,

O texto de Atos 2, 1-4 é um elo entre A ASCENSÃO DE CRISTO e A MISSÃO DOS APÓSTOLOS.  Antes da sua ascensão Jesus prometeu mandar o Espírito aos seus discípulos. A vinda do Espírito é necessária para os apóstolos serem testemunhas e pregarem o evangelho.

Então o Espírito veio para preparar os apóstolos; não para convertê-los, mas para ungi-los.  Pentecostes não é o dia da CONFISSÃO DE FÉ dos apóstolos, mas o dia da ORDENAÇÃO dos apóstolos. Eles foram escolhidos por Jesus e agora devem ser ordenados publicamente pelo Espírito de Jesus para pregar o evangelho.

Mas antes de conseguir isso Jesus devia subir ao céu. Ele devia subir ao céu para depois mandar o Espírito de Deus.  O texto mostra isso. O texto mostra essa direção. A INICIATIVA vem do céu! Atrás das ‘cortinas’, ou talvez seja melhor dizer: atrás das nuvens, Jesus está trabalhando. Ele subiu ao céu e de lá ele mandou o Espírito de Deus. O Espírito veio do céu para a casa em que os discípulos de Jesus estavam reunidos. O Espírito de Cristo se distribuiu entre eles e todos ficaram cheios do Espírito Santo. Dessa forma o Espírito conseguiu o seu alvo: eles começaram a falar a todas as línguas.

A mensagem desse texto é o seguinte:

 

O CRISTO GLORIFICADO BATIZOU OS SEUS DISCÍPULOS COM O ESPÍRITO SANTO PARA PREGAR O EVANGELHO A TODAS AS LÍNGUAS.

Isso aconteceu:

  • No dia de Pentecostes;
  • No meio de todo mundo;
  • Pelo poder santificador do Espírito Santo;
  • Pela pregação do Espírito Santo.

 

NO DIA DE PENTECOSTES

Irmãos, não é uma coincidência que o Espírito de Deus foi derramado sobre a congregação de Cristo no dia de Pentecostes. Pentecostes era uma das três grandes festas anuais de Israel. Esta festa foi celebrada exatamente cinquenta dias depois do dia de Páscoa. Por isso nós também celebramos o dia de Pentecostes cinquenta dias depois do dia de Páscoa...Para ler mais, clique aqui.

A ascensão de Cristo e a benção do Espírito Santo

Baixar sermão

Texto: João 16, 5-15

 

Queridos irmãos,

Hoje vamos dar atenção à ascensão de Cristo. Ele não está mais conosco aqui na terra, mas ele está conosco ali no céu. Ele está atrás das nuvens, trabalhando para o nosso bem. Jesus falou com os seus discípulos sobre a sua volta ao Pai. O apóstolo João lembrou-se das palavras de Jesus; Ele escreveu sobre isso no seu Evangelho. Primeiramente em João 14 e depois em João 16.  Vamos ler estas partes. Primeiro João 14, 1-29 […]

Prestem atenção, irmãos, como Jesus cuida dos seus discípulos. Ele os prepara para a sua despedida; Ele disse (vs. 29): “Eu vo-lo disse agora, antes que aconteça, para que, quando acontecer, creiais!”. Assim ele termina o seu ensino e assim ele começou o seu ensino (vs. 1): “Não se perturbe o vosso coração! Credes em Deus, crede também em mim”. Jesus quer que tenhamos CONFIANÇA nele. Ele vai para seu Pai que está no céu, e nós ficamos aqui na terra, mas não devemos estar tristes ou desolados, mas devemos CRER e CONFIAR nas palavras dele. Ele DEVIA subir. Isso foi necessário. Isso é para nosso bem. Jesus fala mais uma vez sobre isso em João 16, 5-15:

“Agora, porém, vou para aquele que me enviou e nenhum de vós me pergunta: ‘Para onde vais? ’Mas porque vos disse isso, a tristeza encheu vossos corações. No entanto, eu vos digo a verdade: é de vosso interesse que eu parta, pois, se eu não for, o Paráclito não virá a vós. Mas se eu for, enviá-lo-ei a vós. E quando ele vier, estabelecerá a culpabilidade do mundo a respeito do pecado, da justiça e do julgamento: do pecado, porque não crêem em mim; da justiça, porque vou para o Pai e não mais me vereis; do Julgamento, porque o Príncipe deste mundo está ...Para ler mais, clique aqui.

 

O sumo-sacerdote ascendeu aos céus

T: Lucas 24, 50-53

L: Mateus 24, 23-28; Salmo 24

 

[Sujeito à necessidade de alterações consequentes de mudança de contexto].

 

Queridos irmãos em Jesus Cristo,

 

Nestes últimos dias eu tive que pensar nas palavras do nosso Senhor Jesus Cristo que encontramos em Mateus 24, 23-28:

Se, então, alguém lhes disser: “Vejam, aqui está o Cristo!” ou “Ali está ele!”, não acreditem. Pois aparecerão falsos cristos e falsos profetas que realizarão grandes sinais e maravilhas para, se possível, enganar até os eleitos. Vejam que eu os avisei antecipadamente.

Assim, se alguém lhes disser: “Ele está lá no deserto!”, não saiam;

ou: “Ali está ele, dentro da casa!”, não acreditem.

Porque assim como o relâmpago sai do Oriente e se mostra no Ocidente, assim será a vinda do Filho do Homem.

 

[Faz uma semana] que observamos na televisão um movimento de milhares de pessoas que se reuniram em São Paulo para observar uma pessoa muito especial; tão especial que as pessoas gastaram muito dinheiro e muito tempo para vê-lo, por um só momento. Para muitas pessoas este único momento foi muito especial em sua vida! Foi uma benção enorme. Fortaleceu a fé delas. Porque, para aquelas pessoas, o papa da igreja católica é uma pessoa muito especial: Ele é O SUBSTITUTO DE CRISTO NA TERRA.

Depois de Cristo e da santa mãe, Maria, o papa é o homem mais importante da igreja. Conforme a igreja de Roma, ele tem dons especiais. Ele está cheio do Espírito Santo. Ele representa Cristo aqui na terra e quando ele fala oficialmente (ex. cátedra), fala infalivelmente. Num tal momento ele fala a plena verdade, e todos devem seguir o seu ensino.

Nós não pensamos assim, irmãos. Nós não nos deixamos iludir pela doutrina da igreja de Roma, que quer que sigam o ensino...Para ler mais, clique aqui.

Nós usamos cookies!

Ao utilizar este site, você concorda que este site coloca cookies no seu dispositivo. Um cookie é um pequeno arquivo de texto que o site usa para fazer a função do website e tornar sua visita eficiente.

Clique no contrato para um site totalmente funcional ou veja os detalhes na página de detalhes antes de concordar.

Scroll To Top